Seja Bem Vindo!
Sky Esquerdo
Sky Direito

PCDF ouve professor suspeito de vazar edital para concurso

O Metrópoles apurou que as investigações devem ser encerradas em breve e, a princípio, a direção-geral não deve lançar nova publicação

investigadores da Polícia Civil do Distrito Federal ouviram o professor Carlos Alfama, do Zero Um Concursos, suspeito de postar o edital para concurso público de escrivão da corporação nas redes sociais antes de o texto ser divulgado oficialmente. O Metrópoles apurou que as investigações devem ser encerradas em breve e, a princípio, a direção-geral não deve lançar uma nova publicação com as regras do certame.

Questionado pela reportagem, o professor alegou que foi ouvido como testemunha. “A Polícia Civil do DF irá apurar o vazamento por parte do Buriti, DODF e Imprensa Nacional”, destacou.

Conforme o Metrópoles revelou, o docente do cursinho preparatório deu detalhes do conteúdo da prova horas antes de o Governo do Distrito Federal (GDF) publicar oficialmente o edital, no dia 5 deste mês. Em seguida, o diretor da PCDF, Robson Cândido, disse ter determinado que a instituição apurasse rigorosamente a suspeita de crime. Segundo ele, se confirmado o vazamento, o delito é “punível com prisão”. O certame, nesse caso, ficaria comprometido.

Através da Metrópoles

Comentários estão fechados.