Seja Bem Vindo!
Sky Esquerdo
Sky Direito

Polícia Civil prende quadrilha de venda de armas e munições no DF

A organização criminosa agia em nove cidades do Distrito Federal e Entorno.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) desarticula, nesta terça-feira (16/10), um grupo responsável por vender ilegalmente armas e munições no Distrito Federal e Entorno. O armamento, de diversos calibres, marcas e modelos, inclusive de uso restrito, era vendido por valores entre R$ 3.500 e R$ 8 mil, segundo a polícia.

A ‘Operação Gaston’ cumpre 26 mandados de prisão preventiva e 26 de busca e apreensão em Ceilândia, Samambaia, Vicente Pires, Santa Maria, Planaltina, Sobradinho, Itapoã, Paranoá, Lago Norte e Águas Lindas de Goiás, cidade no Entorno do Distrito Federal.

As investigações da polícia duraram cerca de oito meses. Os suspeitos devem responder por organização criminosa e comércio ilegal de arma de fogo. As penas para os crimes variam de 3 a 8 anos de prisão. A investigação fica por conta do Departamento de Polícia Especializada (DPE).

Outros casos

Em março deste ano, a polícia desmantelou outra quadrilha de comércio ilegal de armas de fogo e munições. Durante a Operação Shooter, a PCDF prendeu seis pessoas em flagrante e cumpriu 21 mandados de prisão temporária, além de diversos mandados de busca e apreensão. A investigação descobriu que militares do Exército estavam envolvidos no esquema.

O ex-militar Pedro Henrique Santana, preso na operação da PCDF, era o líder da organização criminosa e o responsável por repassar as mercadorias para criminosos.As armas, munições e explosivos eram usados pelos bandidosem assassinatos, latrocínios e tráfico de drogas no DF.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.